Por que consumir carne suína?

Existem muitas razões para se consumir carne suína, não à toa, a proteína de suíno é a mais consumida em todo o mundo. Essa preferência se dá, principalmente, por ser rica em proteínas, vitaminas e minerais, além de ser uma das carnes mais suculentas disponíveis no mercado.

No Brasil, a carne suína é produzida seguindo os mais rigorosos processos de produção, criação, genética, sanidade, bem-estar animal, fiscalização e qualidade, todos dentro dos padrões máximos exigidos pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Brasil), bem como dos mais importantes órgãos de controle internacionais.

De acordo com a Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), a carne suína reúne sabor, praticidade, qualidade e custo-benefício em uma única opção. É rica em vitaminas do complexo B, que desempenham um importante papel na manutenção do funcionamento do corpo, ajudando a converter os alimentos em energia. Ainda, segundo a ABCS, quando comparada com outras proteínas, aves e bovinos, a carne suína pode conter até 10 vezes mais a quantidade de micronutrientes.

Uma carne mais magra do que se imagina

A carne suína também se destaca por possuir cortes mais magros, que favorecem a manutenção da gordura corporal. Bisteca e lombo são dois cortes cujos teores de gordura são inferiores ao do peito de frango, por exemplo. A verdade é que existem pelo menos 7 cortes de carne suína que têm menos gordura que o peito de frango sem pele, e 15 cortes aprovados pelo Nacional Heart Foundation, de acordo com informações da Associação dos Suinocultores do Estado de Minas Gerais (ASEMG).

Essa característica, voltada para a saudabilidade, como o menor teor de sódio na composição, torna a carne suína uma aliada para a prevenção de doenças arteriais.

Carne suína: uma escolha completa

“A carne suína é composta por proteínas e rica em aminoácidos essenciais para o crescimento do corpo. Ela auxilia no desenvolvimento ósseo e muscular, assim como na produção de enzimas e hormônios”, aponta o Doutor especialista em Qualidade da Carne e consultor da Topigs Norsvin, Márcio Duarte.

É importante ter em mente que o consumo de proteína, seja ela suína ou não, traz benefícios para a saúde humana, auxiliando o organismo na manutenção da massa muscular e melhorando o desempenho físico. Vale reforçar, a carne suína tem um papel fundamental na saúde infantil, uma vez que as vitaminas A e B, selênio, zinco e ferro são cruciais no desenvolvimento infantil em diversos âmbitos: cognitivo, psicomotor, estrutural e até do sistema imunológico.

Referências

http://www.asemg.com.br/mitos-e-fatos-sobre-a-carne-suina/

https://www.suinoculturaindustrial.com.br/imprensa/muitas-razoes-para-comer-mais-carne-de-porco/20200122-082243-j520

http://www.maiscarnesuina.com.br/escolha-mais/

http://abcs.org.br/

Partilhe este post:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no print
Compartilhar no email