Exportação de carne suína no primeiro quadrimestre de 2021 alcança 351,8 mil toneladas; maio registra crescimento de 25% em 15 dias

As primeiras duas semanas de maio apresentaram resultado positivo para a exportação das carnes suínas e de aves, com um avanço de 25% e 22%, respectivamente. Por outro lado, a carne bovina registrou uma queda de mais de 20% em relação à média diária de maio do ano passado.

De acordo com levantamento do AviSite, na semana passada, segunda de maio – as três carnes sofreram redução no volume exportado. De toda forma, o preço médio alcançado pelas três carnes segue em alta, apresentando incremento entre 10% e 11% em relação a maio de 2020.

Veja mais informações em: Volume e faturamento das exportações do agronegócio em 2020 são recordes e a carne suína segue destaque

Exportações de carne suína crescem 35,1% em abril

As exportações brasileiras de carne suína (incluindo todos os produtos, entre in natura e processados) alcançaram 98,3 mil toneladas em abril, informou a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). O saldo superou em 35,1% os embarques realizados no mesmo período do ano passado, quando foram embarcadas 71,8 mil toneladas.

O resultado das exportações de abril chegou a US$ 232,3 milhões, número 40,6% superior ao registrado no mesmo período de 2020, quando foram obtidos US$ 165,2 milhões. No acumulado do ano (janeiro-abril), as exportações de carne suína alcançaram 351,8 mil toneladas, volume 25,29% maior em relação ao primeiro quadrimestre de 2020, quando foram exportadas 280,8 mil toneladas.

Ainda, de acordo com a ABPA, A receita acumulada no mesmo período chegou a US$ 826,4 milhões, índice 27,1% superior ao efetivado entre janeiro e abril do ano passado, com US$ 650,3 milhões.

Ranking de maior país exportador de carne suína – volume abril/21

  1. China – 51,5 mil toneladas (+50,5% em relação a abril de 2020);
  2. Hong Kong, com 14,6 mil toneladas (+4,9%);
  3. Chile, com 5,4 mil toneladas (+130,9%);
  4. Angola, com 3,4 mil toneladas (+3,8%);
  5. Filipinas, com 2,4 mil toneladas (+623,4%);
  6. Argentina, com 2,2 mil toneladas (+84,3%).

Se inscreva na TN News e receba diariamente as principais notícias do setor. Acesse: https://www.questionpro.com/t/AQorxZhrdX

Referências

https://www.avisite.com.br/index.php?page=noticias&id=24031
https://abpa-br.org/exportacoes-de-carne-suina-crescem-351-em-abril/

Partilhe este post:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no print
Compartilhar no email