Topigs Norsvin e a rentabilidade do sistema: como minimizar os custos e maximizar os lucros

Por Jascha Leenhouwers, Global product manager Topigs Norsvin

Uma tendência global clara é que muitos de nossos clientes estão integrando seus negócios combinando produção de suínos vivos com abate e processamento. Consequentemente, sua lucratividade depende não apenas de uma única parte da cadeia de produção, mas do resultado de uma combinação de fatores em todo o ciclo produtivo.

Nosso papel como empresa de genética é fornecer o máximo valor para os clientes, aumentando a lucratividade de todo o sistema. Fazemos isso fornecendo produtos genéticos destinados a melhorar a lucratividade de todo o processo produtivo. Nosso serviço técnico ajuda a liberar o potencial e aumentar ainda mais o desempenho e a produção.

A rentabilidade do sistema é o resultado da renda total em uma fazenda menos os custos de produção. Além disso, o impacto dos produtos Topigs Norsvin vai além da economia e inclui a redução do impacto ambiental e a melhoria do bem-estar animal, saúde e satisfação no trabalho.

Com sua presença global, a Topigs Norsvin, que é líder mundial em pesquisa e desenvolvimento de genética suína, sabe que precisa levar em consideração as diferenças entre mercados e regiões para determinar sua abordagem e atingir a rentabilidade de todo o sistema. Por isso, essas diferenças estão refletidas no portfólio da empresa, que consiste em diferentes produtos para matrizes e terminadores.

Necessidades do produtor nas Américas

Os mercados americanos têm custos de produção mais baixos em comparação com a União Europeia, devido aos gastos mais baixos associados à alimentação, mão de obra, bem-estar e legislação. Os produtores se concentram mais no rendimento e na eficiência da produção para aumentar a lucratividade do sistema. Crescimento rápido e eficiente, combinado com robustez, são características importantes nesse cenário.

Combinações que trazem resultados significativos para os produtores nas Américas são as fêmeas TN70 e os machos terminadores da Topigs Norsvin: TN Talent e o Norsvin Duroc. Esse cruzamento resulta em crescimento rápido, alta eficiência e maior robustez.

Necessidades do produtor na Europa

Em geral, os custos de produção são um componente importante da lucratividade de todo o sistema nos mercados da União Europeia. São gastos relativamente altos devido aos custos associados ao bem-estar, legislação, alimentação e mão de obra. Os níveis de desempenho técnico também são expressivos. Os frigoríficos pagam grandes prêmios por carcaças com alto rendimento de carne magra. Nestes mercados, a robustez, o comportamento social, a eficiência alimentar e o rendimento magro da carcaça são características que os produtores procuram.

Fonte: Traduzido da Revista on-line Topigs Norsvin.

Partilhe este post:

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no print
Compartilhar no email