Parceiros Topigs Norsvin conquistam troféu Melhores da Suinocultura 2016

Parceiros Topigs Norsvin conquistam troféu Melhores da Suinocultura 2016

Competindo com 1.272 representantes da elite da suinocultura brasileira, que em seu dia a dia alojam 995 mil matrizes, três parceiros da genética Topigs Norsvin acabam de receber, em Florianópolis, o troféu Melhores da Suinocultura 2016 em diferentes categorias.

Trata-se de um projeto desenvolvido pela Agriness, que visa estabelecer um referencial transparente, confiável e auditado dos melhores índices de produção do setor no país.

Referência para o País                                      

Ao final de cada ano de avaliações e comparações, é realizada uma auditoria final nos dados das granjas e a lista das 10 melhores do Brasil é divulgada pela Agriness, juntamente com as informações consolidadas dos índices de produtividade do país.

Segundo a empresa, para  a classificação, os índices técnicos avaliados, em ordem de importância, são: desmamados/fêmea/ano, taxa de parição, média de nascidos vivos, média de desmamados e repetição de cio. Entre os vencedores, destacam-se três parceiros e usuários da tecnologia e genética Topigs Norsvin.

 Os campeões

O troféu Leitão de Ouro na categoria acima de 3000 matrizes foi conquistado pela Granja Becker, de Milton Becker (Quatro Pontes/PR), com 31,84 desmamados/fêmea/ano.

O prêmio Leitão de Prata na categoria até 300 matrizes coube à Granja Rhaetia 103, de Wienfried Matthias Leh (Guarapuava/PR), com 33,28 desmamados/fêmea/ano.

Também o troféu Leitão de Bronze na categoria 501 a 1000 matrizes coube a Wienfried Matthias Leh (Guarapuava/PR), com sua Granja Rhaetia 101, onde cravou 32,76 desmamados/fêmea/ano

O troféu Leitão de Prata na categoria 301 a 500 matrizes foi conquistado pela Chácara Modelo, de Victor Augusto Aardoon (Carambeí/PR), com 33,69 desmamados/fêmea/ano.

 

Parceria de sucesso

“A conquista destes troféus evidencia o nível tecnológico de nossos parceiros e, ao mesmo tempo, aponta para novos desafios no sentido de que a suinocultura brasileira, como um todo, ainda pode avançar muito mais”, resume o diretor da Topigs Norsvin no Brasil, André Costa, ao cumprimentar os vencedores. “Para nós, da Topigs Norsvin, é gratificante podermos oferecer nossa contribuição neste processo de evolução diária”, diz André Costa.

 

“Estamos muito satisfeitos com o reconhecimento e em sermos premiados, mas estamos trabalhando para irmos além, alcançarmos mais.
A genética Topigs Norsvin contribuiu para esse momento. Isso se comprova pelo fato de que mesmo em anos anteriores, onde somente a Granja Rhaetia possuía a genética Topigs Norsvin, nós já estávamos entre os premiados. Em resumo, o principal fator são ‘pessoas’ que gostam do que fazem. São as pessoas que estão trabalhando conosco que fazem a diferença: desde quem trabalha na nossa granja até a equipe da Topigs Norsvin. Todos fazem esse trabalho com amor, como se a granja fosse deles. Eles amam o que fazem! E isso se reflete neste resultado”, relata Wienfried Matthias Leh, da Granja Rhaetia.

 

“Foi muito gratificante receber o prêmio, afinal exigiu bastante tempo de trabalho. Dessa vez, conquistamos o 2º lugar do Paraná e 5º colocado no Brasil; mas a equipe toda já está tão feliz que é o que nos motiva a, ano que vem, brigar pelo 1º lugar! A genética da Topigs Norsvin foi essencial para essa conquista, pois os resultados vieram desde o começo da parceria. Sempre nos ajudaram e foram muito próximos. E esse ano que estamos povoando a Granja com a TN70, os resultados já começam a aparecer. É assim que vamos trabalhar para a conquista do 1º lugar”, declara Victor Augusto Aardoon, da Chácara Modelo.

 

“É um sentimento muito bom, de satisfação, por dois motivos: o primeiro é pelo recebimento do prêmio em si, e o segundo é por saber que estamos trabalhando no caminho certo. Possuir a genética Topigs Norsvin (em torno de 70% da produção) com certeza foi um fator que ajudou muito para a obtenção deste reconhecimento. Somos muito gratos!”, declara Milton Becker, da Granja Becker.

 

 

Os parceiros Wienfried Matthias Leh, Victor Augusto Aardoon e Milton Becker.

 

 

 

Sobre a Topigs Norsvin

Com uma produção de mais de 1,6 milhão de matrizes e mais de 9 milhões de doses de sêmen por ano, a Topigs Norsvin tem se destacado pela evolução e difusão de melhoramento genético no mercado suinícola e sendo reconhecida pela abordagem inovadora na implantação de novas tecnologias e foco contínuo na produção de suínos eficientes. Mais do que seu banco genético, a empresa colocou no mercado sistemas como o InGene e soluções como a TN70 e o Liquid, que têm revolucionado a suinocultura.

No sistema InGene, a granja recebe durante o povoamento fêmeas bisavós, avós e matrizes F1. Depois, passa a produzir sua autorreposição e, a partir daí, recebe de fora apenas sêmen dos melhores reprodutores Topigs Norsvin. Na TN70, considerada a melhor matriz do mundo, a combinação da alta eficiência reprodutiva com a excelência em terminados tem impressionado, do mesmo modo que o Liquid tem se destacado como o melhor da genética em inseminação artificial.

Estes fatores, aliados a fortes investimentos em programas de pesquisa (mais de 19 milhões de euros anuais), situam a Empresa na liderança da nova suinocultura mundial.

Mais notícias